Para você que tem um negócio e se esforça para andar em dia com os deveres, deve buscar a melhor alternativa para emitir nota fiscal eletrônica. Ainda mais agora que a emissão de NF não será mais permitida pelo aplicativo gratuito. Em dezembro do ano passado, a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo divulgou a informação que irá descontinuar seus sistemas gratuitos para a emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e).

O download do emissor gratuito passou a não ser mais possível a partir do dia 1 de janeiro deste ano. Isso também significa que novas atualizações não serão mais feitas, o que dificulta a vida de quem já baixou e utiliza o aplicativo.

O jeito então é procurar outras alternativas sem deixar que a sua empresa seja multada por isso. Para saber mais sobre como manter seus compromissos com a melhor opção para emitir suas notas, continue a leitura!

Entendendo o contexto

Uma pesquisa da Secretaria da Fazenda apontou que grande parte dos empresários está usando outros emissores pagos, considerados mais completos e integrados com outros programas. Este foi o motivo principal pelo qual a Secretaria optou por determinar o fim do emissor gratuito.

Mesmo assim, o fato pegou muita gente de surpresa. Isso porque a emissão de NF é obrigatória para as empresas e o trabalho não pode parar. Vale destacar que tal obrigatoriedade não vale para o MEI (Microempreendedor Individual), já que cada estado tem a sua regulamentação.

Isso caiu como uma luva, já que os softwares pagos geralmente têm mais vantagens para o empresário do que o aplicativo gratuito do governo que agora saiu de cena. Os emissores têm, entre outros benefícios:

  • Suportededicado e personalizado;
  • Atualização frequente do programa;
  • Treinamento gratuito integrado;
  • Credibilidade e a confiança.

Tudo isso garante menos risco para quem adquire o programa e previne contra dores de cabeças futuras.

A melhor alternativa para a emissão de NF

Como a própria SEFAZ passou a recomendar, os usuários comecem desde já a procurar outras opções. Portanto, você deve buscar outro emissor de NF para sua empresa o mais rápido possível. Isso vai garantir que você não deixe de cumprir a legislação vigente, algo que pode até comprometer o orçamento da sua empresa.

E qual seria a melhor opção?

O sistema SIGGMA é a melhor alternativa para a emissão de NF-e, porque é mais ágil e integrado a controles de gestão e vendas. Com o software em mãos você poupa tempo porque pode tirar as notas fiscais com dados cadastrados no sistema, ao mesmo tempo em que é acionado automaticamente os fluxos de venda e contas a receber.

A verdade é que agora, com os sistemas gratuitos fora do mercado, é essencial adequar o seu negócio a um bom sistema de emissão de nota fiscal eletrônica. Isso vai trazer muitas vantagens para sua empresa, como redução de custo de impressão, redução de custo de armazenagem de documentos fiscais e aumento de confiabilidade na nota.

Para conhecer melhor o sistema de NF da SIGGMA, clique aqui!

 

oferta-siggma_testegratis_bannerconteudoblog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *