O Brasil está entre os 30 países do mundo com maior carga de tributos, mas poucas pessoas sabem o quanto pagam de impostos a cada compra.

 Fonte: G1

A lei que obriga as lojas a detalhar os impostos na nota fiscal acabou de entrar em vigor, mas a cobrança da multa para quem descumprir a determinação já foi adiada por uma ano.

O Brasil está entre os 30 países do mundo com maior carga de tributos, mas poucas pessoas sabem o quanto pagam de impostos a cada compra. “Não tenho nem ideia de quanto de imposto. Não sei nada, a gente só paga”, afirma um homem.

A lei que obriga o comércio de todo o país a emitir notas ficais que discriminem os impostos municipais, estaduais e federais sobre cada produto comprado entrou em vigor a partir desta segunda-feira (10), mas ainda não foi regulamentada. Em um shopping carioca, nenhuma das lojas está emitindo a nova nota.

Por enquanto, não há multa prevista para quem não cumprir a lei. A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas alega que os empresários precisam de tempo para mudar todos os programas das caixas, e defende uma reforma que simplifique os tributos.

Isto porque no Brasil, calças jeans, por exemplo, têm uma carga de impostos diferente da dos biquínis e dos calçados e bolsas.

“As grandes redes já começaram a se adaptar. A lei está em vigor, mas uma série de fornecedores não vai ter como fazer a adaptação da noite para o dia”, afirma o diretor jurídico do Procon/RJ Marcelo Moura.

Em São Paulo, a associação comercial estima que 13 mil empresas já estejam praticando a nova regra.

“A minha conta deu o total de R$ 219,60, e eu paguei um tributo aproximado de R$ 75,28, é o imposto de 34,28% na fonte. Quanto mais informação possível, melhor para a gente ter ideia daquilo que a gente está pagando do produto e de quanto é o imposto que você está pagando para o governo”, diz a empresária Selma Calegari.

No Rio, Amanda de Almeida não vê a hora de saber exatamente quanto paga de impostos. ”É bom para a gente saber depois e cobrar”, afirma a assistente de pessoal.

https://www.impostometro.com.br/noticias/adiada-cobranca-de-multa-para-quem-nao-detalhar-impostos-na-nota-fiscal

Related Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *